UFG

UFG interrompe as atividades práticas emergenciais

Orientação leva em consideração as medidas das autoridades estaduais e municipais para enfrentar a pandemia da Covid-19

A Universidade Federal de Goiás (UFG) interrompeu as Atividades Práticas Emergenciais (APEs) que estavam sendo realizadas junto com o ensino remoto. A decisão foi informada aos diretores de unidades acadêmicas e coordenadores de cursos, na sexta-feira (26/2), em comunicação emitida pela Reitoria da Universidade. O motivo são as novas medidas restritivas adotadas pelas autoridades estaduais e municipais no enfrentamento à pandemia da Covid-19.

O objetivo com a ação é colaborar na redução da circulação de pessoas, desta forma, aumentando o distanciamento social efetivo. A nova diretriz da UFG deve ser mantida enquanto durarem as medidas restritivas das autoridades em Goiás.

A exceção à orientação fica facultada às unidades acadêmicas da área de saúde que, de forma consensual em suas instâncias deliberativas, avaliarem ser possível e recomendável a continuidade das APEs para atividades, por exemplo, de combate à pandemia.

Source: Reitoria Digital/UFG

Categories: notícias Coronavírus